Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


HISTÓRICO

Martim Afonso de Sousa, ao desembarcar em 1531, batizou esta ilha de Tynharéa, que o sotaque baiano logo transformou em Ilha de Tinharé.

A Ilha de Tinharé está situada ao norte do arquipélago da Baía de Camamu, baixo sul da Bahia, região conhecida como Tabuleiro Valenciano, ou ainda Costa do Dendê. Devido à sua privilegiada localização geográfica, foi cenário de inúmeros ataques de esquadras francesas e holandesas, verdadeira zona franca de corsários e piratarias durante o período colonial.

Sob a jurisdição da capitania de São Jorge dos Ilhéus, Jorge de Figueiredo Correa recebeu a propriedade de D.João III e designou Francisco Romero para a colonização das terras. Os constantes ataques dos índios aimorés e tupiniquins à população continental da região favoreceram a rápida povoação das ilhas e, em 1535, nascia no norte da ilha à vila Morro de São Paulo.

Morro de São Paulo protegia a chamada barra falsa da Baía de Todos os Santos , entrada estratégica para o Canal de Itaparica até o Forte de Santo Antônio (atual Farol da Barra). O canal de Tinharé era essencial no escoamento da produção dos principais centros para o abastecimento da capital Salvador. A importância geográfica da ilha durante o período colonial justifica a riqueza de monumentos históricos, hoje protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional.

 


Histórico
Passeios
Praias
Atrativos Culturais
Informações e Dicas
Meio Ambiente

 

 

ion3